UFO - saiba mais: Ufologia

Ufologia

Em uma das vertentes da ufologia mundial, acredita-se que uma pequena parte dos registros visuais analisados com seriedade referem-se a projetos militares secretos, há inclusive declarações inusitadas, impressionantes e supreendentes de que as Forças Armadas dos Estados Unidos já dominam e usam altíssima tecnologia alienígena para fins militares.

Por exemplo: Numa polêmica entrevista ao canal History Channel, o militar aposentado e ex-agente da CIA (o serviço secreto americano), Philip Corso, afirma explícitamente que as Forças Armadas dos Estados Unidos recolheram, submeteram a análises científicas e reproduziram uma variedade de tecnologias alienígenas, incluindo entre elas “bisturi laser”, “óculos de visão noturna” e “fibra ótica”, algumas dessas já usadas para fins militares e civis.

Segundo ele, naves interplanetárias que aceleram repentinamente e viajam a milhares de quilômetros por hora, literalmente, foram apreendidas e analisadas por militares americanos.


Os casos a seguir ainda carecem de explicação científica: o da JAL (Japan Airlines), em que durante o vôo 1628 Paris–Tóquio em 1986 foram avistadas luzes seguidas do aparecimento súbito de duas possíveis naves espaciais quando a aeronave sobrevoava o Alasca; o de 2000, no Chile, quando três helicópteros militares voavam em plena luz do dia e seus tripulantes observaram um objeto pousado no solo que subiu repentinamente até à altura dos aparelhos, colocando-se à sua frente, quase em rota de colisão; ou ainda em Varginha, no Brasil, em 1996, quando várias testemunhas declararam ter avistado não só um objeto voador não indentificado, mas também os seus tripulantes.

Foto (1): Suposto OVNI avistado em 31 de julho de 1952 na cidade de Passaic, Nova Jersey, Estados Unidos.

Foto (2): Ufo triângulo negro - Greenville, Carolina do Sul - EUA

Relato: Em 16 de março de 2010, Eu vi um objeto brilhante à distância. Eu pensei que poderia ser um avião em chamas e peguei minha câmera. Em vez disso, era um grande triângulo voador com uma luz vermelha estroboscópica muito brilhante em seu centro. (era quase como se estivesse em chamas) Ele parecia estar ganhando altitude. Na hora em que fui para o meu quintal ele já havia entrado nas nuvens e sumido.
Página anterior Próxima página